0
308  23/11/2023 22h20



Se tu ver um cara desse na rua, acha valido julgar que é um provável bandido só pela aparência e evitá-lo?

entre na sua conta para poder responder.
eles perguntam
10 17
elas respondem
anônima
anônima
20/11/2023 11h47
Normalmente são bandidos mesmo.
anônima
anônima
20/11/2023 12h15
O conjunto de características apontam para um bandido, mesmo se esse fosse branco, ainda sim pareceria um bandido.
20/11/2023 11h36
Julgo pelo rosto, bandido só de ver a cara dá pra saber.
20/11/2023 12h22
Se tiver com o pescoço assim, fica difícil não achar que a pessoa quer problemas.
anônima
anônima
20/11/2023 13h50
Não acho que seja preconceito, eu julgo muitas pessoas como criminosas depois da primeira vez que fui furtada.
anônima
anônima
20/11/2023 12h00
Não foi esse cara que matou o fã da Taylor Swift? Ele é realmente criminoso, tinha acabado de ser liberado da cadeia.
20/11/2023 12h20
Talvez porque geralmente os malandros usam esse tipo de roupa, mas não significa que todos são né
20/11/2023 12h19
Sim, é normal termos preconceitos com algumas coisas, mas é algo que deveríamos guardar para nós, isso se chama respeito com o próximo.
anônima
anônima
23/11/2023 20h40
La vez zzzz
anônima
anônima
23/11/2023 22h20
Parece um monstro.
eles respondem
20/11/2023 12h13
Eu corro para não ser assaltado.
20/11/2023 11h41
É preconceito (e se a cor tiver peso no julgamento é racismo ainda por cima).

Maaaas tudo depende do contexto. Que rua, que horas, fazendo o que? Leitura corporal e instinto são coisas que não devemos ignorar. Dependendo da hora e local, até uma gostosa pedindo informação é golpe, só parar o carro que rapidinho colam 2 manos com o cano na tu cara.

Melhor ser preconceituoso e vivo que bom samaritano e morto.
20/11/2023 13h04
Eu teria certeza que é bandido, é natural pensar assim.
20/11/2023 11h46
Bom, eu li uns estudos de Cesare Lombroso e a criminologia como um todo e percebi que infelizmente existe sim um padrão para aparência física de criminosos. Não falo de etnia, mas dimensões corporais, tamanho do crânio, deformidades com grande assimetria nos olhos, testa, nariz e boca.

Esse site é bom para observar exatamente o padrão. No Brasil ainda temos o Plus da mudança drástica na aparência física por uso de drogas. Esse rapaz que o OP postou, por exemplo, é um claro usuário de drogas.

https://www.procurados.org.br/
20/11/2023 11h34
Não.
Marginal tem cara e pinta de que é.
20/11/2023 12h07
É inevitável.
20/11/2023 13h53
Sim, se eu vejo um desses na rua, chamo a polícia porque com certeza é ladrão.
Dng
20/11/2023 11h33
Eu "julgo" pela vestimenta, independente da cor da pele.
O bairro, a vestimenta, as características do indivíduo e do local é o que me faz ficar pé atrás para estar preparado para reagir ou fugir, se necessário.
20/11/2023 14h05
Sim. e além de ser preconceito, julgar uma pessoa e discriminala por sua aparência é crime. porém, não importa a sua cor, ou como você esteja vestido. as pessoas sempre te julgarão independente da sua aparência, independente se esteja vestido como um empresário, ou vestido como um mendigo.

A partir do momento, em que você entra em um ambiente, as pessoas já estarão te observando, julgando, e deduzindo discretamente que tipo de pessoa você possa ser sem você perceber isso.

Ser julgado(a) dentro da nossa sociedade, é algo totalmente inevitável.
20/11/2023 11h43
Claro que sim .

Mas te digo que o 157 hoje anda com pano de boy.
20/11/2023 11h45
Parece meu vizinho
20/11/2023 11h39
aparência mais roupa é s
20/11/2023 13h47
Pela cor não, mas pelo trejeito de bandidinho.

Normalmente esses criminosos de rua tendem a andar igual mano, com várias tatuagens e com cara de quem tá procurando maldade...

Eu percebo só de olhar
anônimo
anônimo
20/11/2023 13h54
Não, a aparência diz muito sobre a pessoa.
20/11/2023 14h23
Sim, é.
23/11/2023 20h44
Acho válido sim, eu trabalho com entregas e quando vejo os vagabundos querendo me roubar. Eles estão com esse tipo de roupa.
Sou louco para atropelar um PTista safado desse
anterior
É normal não ter amigos? Me sinto frustrado às vezes.
próxima
Você faz sexo com ou sem preservativo com sua/seu parceira(o)?